top of page

Segurança Cibernética: Medidas para proteger a rede e os dados da sua empresa

A segurança cibernética é uma preocupação crescente em um mundo cada vez mais digitalizado. Empresas de todos os tamanhos estão expostas a ameaças virtuais, como: ataques de hackers, Malware e Phishing e muito mais. Portanto, adotar medidas eficazes de Cibersegurança é essencial para proteger a rede e os dados da sua empresa.

segurança na internet

Neste artigo, discutiremos algumas medidas fundamentais que você pode implementar para fortalecer a segurança cibernética da sua organização.


O que é Segurança Cibernética e por que ela é importante para as empresas?

Segurança cibernética é o conjunto de medidas e práticas utilizadas para proteger sistemas, redes e dados contra ameaças e ataques virtuais. Envolve a implementação de tecnologias, políticas e procedimentos para identificar, prevenir e responder a incidentes de segurança, visando garantir a confidencialidade, integridade e disponibilidade das informações digitais. Em resumo, a segurança cibernética é sobre proteger os dados e sistemas contra hackers e outros ataques virtuais.


Conheça alguns dos principais tipos de ameaças cibernéticas

Phishing: É uma técnica de fraude cibernética que tem como objetivo roubar informações confidenciais, como senhas e dados bancários, por meio de e-mails ou sites falsos que se parecem com os originais.


Ransomware: É um tipo de Malware que tem como objetivo criptografar arquivos e dados da empresa, tornando-os inacessíveis. Os criminosos cibernéticos pedem um resgate em troca da liberação do acesso aos arquivos.


Ataques de negação de serviço (DDoS): Os ataques DDoS têm como objetivo sobrecarregar os servidores da empresa com tráfego excessivo, fazendo com que o sistema fique indisponível.


Ataques de engenharia social: Os ataques de engenharia social são aqueles em que o criminoso cibernético utiliza informações pessoais dos funcionários da empresa para obter acesso ao sistema.


Acesso não autorizado: O acesso não autorizado é quando um criminoso cibernético obtém acesso ao sistema da empresa sem a devida autorização. Isso pode acontecer por meio de falhas de segurança ou senhas fracas.


Ataques a dispositivos móveis: Com o aumento do uso de dispositivos móveis, as pequenas empresas se tornaram alvos para ataques cibernéticos que visam explorar vulnerabilidades em Smartphones e Tablets.


Vazamento de dados: O vazamento de dados ocorre quando informações confidenciais da empresa são expostas, seja por falhas na segurança ou por ação de um criminoso cibernético.


Avaliação dos riscos

Identifique os ativos de informação: Faça uma lista dos ativos de informação da empresa, como servidores, redes, sistemas, dispositivos, dados e informações confidenciais. Isso ajudará a ter uma visão clara do que precisa ser protegido.


Identifique as ameaças potenciais: Liste as ameaças cibernéticas que podem afetar seus ativos de informação. Isso pode incluir Malware, ataques de Phishing, ataques de negação de serviço, acesso não autorizado, entre outros. Considere também as ameaças internas, como funcionários desonestos ou descuidados.


Avalie as vulnerabilidades: Analise os pontos fracos e as vulnerabilidades existentes nos sistemas e nas práticas de segurança da empresa. Isso pode envolver avaliar a eficácia dos controles de segurança, a força das senhas, a falta de atualizações de software, entre outros aspectos que podem ser explorados por invasores.


Estime o impacto: Determine o impacto potencial de uma violação de segurança para a empresa. Isso pode incluir perda de dados, tempo de inatividade do sistema, danos à reputação, perdas financeiras ou possíveis consequências legais.


Avalie a probabilidade: Avalie a probabilidade de ocorrência de cada ameaça, levando em consideração o histórico de ataques, as tendências do setor e a natureza das atividades da empresa. Isso ajudará a priorizar os riscos mais relevantes.


Calcule o nível de risco: Com base na avaliação do impacto e da probabilidade, calcule o nível de risco para cada ameaça identificada. Isso permitirá que você priorize os riscos mais críticos e concentre seus esforços de segurança onde são mais necessários.


Monitore e revise regularmente: A segurança cibernética é um processo contínuo. É importante monitorar e revisar regularmente a avaliação de riscos, à medida que novas ameaças surgem ou os sistemas e as práticas da empresa evoluem.


Lembrando que é sempre recomendado buscar a expertise de profissionais de segurança cibernética para uma avaliação completa e eficaz dos riscos na sua empresa.


Conheça algumas medidas de Segurança

A proteção da rede e dos dados é de extrema importância nos dias de hoje. Existem várias medidas de segurança física e virtual que você pode implementar para proteger sua rede e seus dados. Aqui estão algumas delas:


Medidas de segurança física

Controle de acesso: Mantenha um controle estrito sobre quem pode entrar nas áreas físicas onde estão localizados os seus servidores e equipamentos de rede. Utilize medidas como cartões de acesso, fechaduras eletrônicas e câmeras de segurança para monitorar o acesso físico.


Sala de servidores segura: Mantenha sua sala de servidores trancada e restrita apenas a pessoal autorizado. Garanta que ela seja protegida contra incêndios e outros desastres naturais. Use sistemas de alarme e monitoramento para detectar qualquer atividade suspeita.


Backup off-site: Faça cópias regulares de seus dados importantes e armazene-as fora das instalações físicas. Isso protege seus dados contra perdas causadas por roubo, incêndio ou outros desastres.


Segurança física de dispositivos: Mantenha seus dispositivos (computadores, laptops, smartphones) protegidos contra roubo ou acesso não autorizado. Use senhas fortes, criptografia de dados e mantenha seus dispositivos atualizados com as últimas correções de segurança.


Medidas de segurança virtual

Firewall: Utilize um firewall para filtrar o tráfego de rede e impedir acessos não autorizados. Configure regras de firewall para permitir apenas o tráfego necessário para o funcionamento da sua rede.


Criptografia: Utilize criptografia para proteger seus dados em trânsito. Isso é especialmente importante ao utilizar redes Wi-Fi públicas ou ao transmitir informações sensíveis pela internet.


Atualizações de software: Mantenha seus sistemas operacionais, aplicativos e dispositivos atualizados com as últimas correções de segurança. As atualizações frequentemente corrigem vulnerabilidades conhecidas que poderiam ser exploradas por hackers.


Senhas fortes: Use senhas fortes e únicas para suas contas e sistemas. Evite senhas óbvias ou fáceis de adivinhar, e considere o uso de um gerenciador de senhas para armazená-las com segurança.


Autenticação em dois fatores: Ative a autenticação em dois fatores sempre que possível. Essa medida adiciona uma camada extra de segurança exigindo um segundo fator de autenticação, como um código enviado por SMS ou um aplicativo de autenticação, além da senha.


Essas são apenas algumas medidas básicas que você pode adotar para proteger sua rede e seus dados. Lembre-se de que a segurança é um processo contínuo e em constante evolução, portanto, é importante estar atualizado sobre as melhores práticas de segurança e adaptar suas medidas conforme necessário.


Segurança da informação e a LGPD

A segurança da informação é uma questão crítica para qualquer organização que lida com dados sensíveis, incluindo informações pessoais de clientes e parceiros. Além de proteger a empresa contra ameaças cibernéticas, também é importante garantir a conformidade com regulamentações de privacidade de dados, como a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).


A LGPD é uma legislação brasileira que entrou em vigor e estabelece regras para a coleta, armazenamento, uso e compartilhamento de dados pessoais. A lei se aplica a todas as empresas que operam no Brasil, independentemente do seu tamanho ou setor.


Ao proteger os dados pessoais dos clientes e parceiros, as empresas podem demonstrar seu compromisso com a privacidade e proteção de dados, evitando possíveis penalidades e danos à reputação. A segurança da informação deve ser uma prioridade para todas as empresas que lidam com dados sensíveis e a conformidade com a LGPD é fundamental para garantir a privacidade e a segurança dos dados pessoais dos seus clientes e parceiros.

__________________________________________________________________________________

WhatsApp

Aproveite para conhecer nossas soluções de atendimento: MonitChat e MonitCall!


Entre em contato agora mesmo no botão abaixo e proporcione para seus clientes um atendimento diferenciado.



4 visualizações0 comentário
bottom of page